domingo, 16 de março de 2014

Protomen - The Protomen


Uma banda alternativa, nerd, rock e eletrônica. Ok, Protomen é uma salada, uma salada com Megaman (sim, aquele jogo de Nintendo). O nome Protomen é o plural de Protoman (oh, não diga!) que é o nome do protótipo do Megaman. Protomen foi formada no início dos anos 2000 em  Nashville, Tennessee.

Até o momento Protomen têm 3 discos, alguns eps e um remix.

Seu primeiro disco é de 2005, chamado apenas The Protomen, gravação independente que não é exatamente para qualquer gosto. Um disco para entusiastas de música eletrônica, games ou de um lance alternativo. É um disco de 8 músicas. Sujo, cheio de ruídos e falas, e é sobre Megaman, uma trilha sonora alternativa, um tipo de rock opera de Megaman. Quando o segundo disco foi lançado: Act II: The Father of Death em 2009, este disco chamou a passar Act I The Protomen



The Protomen:

1- Hope Rides Alone: Uma faixa toda narrada, recortada e com um pé no industrial e alternativo. A primeira faixa é a introdução, o narrador conta da luta entre Dr. Wily e Dr. Light, de como Light devolveu a esperança ao mundo criando o Protoman, o homem perfeito. "O ano é 200x". Se você chegou até o fim dessa faixa, tem um ótimo disco pouco usual te esperando.

2- Funeral for a Son: Uma marcha fúnebre, Protomen está morto. Mesmo que exista uma letra para esta música, facilmente encontrada na internet, ela não tem vocal ou narração, é só uma marcha. Estranho, mas o que mais esperar desse disco. A letra narra que Protomen está morto, mas Megaman, nova criação de Dr. Light está pronta para salvar o mundo.

3- Unrest in the House of Light: Então vira tudo e vamos para uma faixa em estilo westrn, com direito aos assovios e narrador, Dr. Light, cotando a Megaman sobre Protoman e sua morte. Dr. Light fala para ele não lutar. Megaman desobedece e foge de casa. A música emula a trilha sonora de algum western, mas tem subidas de vozes e guitarras.

4. The Will of One: A música começa com um solo de guitarra distorcida, segue para um cantor, fazendo a vez de Megaman, contando que só viu a cidade do alto do prédio, que as pessoas odeiam robôs e que tudo foi destruído, mesmo assim, ele ira salvar o mundo, vencerá Dr. Willy e seu exército. A música tem um segundo vocal, Dr. Light respondendo, e acaba com um excelente coro.

5- Vengeance: E vamos para um heavy metal, guitarras, vocal alto e claro em oposição aos gritos, tudo começa com um grito em coro "We are in control" Os humanos tem seu heró contra as máquinas malignas. Megaman terá sua vingança.

6- The Stand (Man or Machine): Solo de piano e acordes de guitarra, parece que vai começar um épico, netra a narração do Dr. Light acompanhada de 8 bits sound. O piano volta, e é um épico! Protoman reaparece, começa um diálogo com Megaman, Protoman pretende destruir os homens, não á heróis entre eles, não há porque continuar lutando por eles. Muda de ideia e destrói o próprio exército, lutara com Megaman. Essa música é ótima, fora do contexto parece uma reflexão sobre a guerra, a vida ou algo do tipo. Mas é apenas sobre um jogo japonês de vídeo game.

7- The Sons of Fate: Protoman e Megaman se enfrentam, um exército de robôs, humanos e o Dr. Wily assistem à batalha. Megaman não quer lutar, mas é obrigado, mata Protoman. Tudo isso ao som de guitarras e cantado em 3 vocais diferentes. Protoman, Megaman, e o coro de humanos. As características de ópera são mais marcantes nessa faixa de 8 minutos, como também, características de música progressiva. Acaba com um solo de cordas e o vento depois da batalha.

8-  Due Vendetta: Começa com 8 bits e vai para guitarras e bateria. O vocal vai citando personagens, parece alguém recitando personagens, talvez seja algum passward. São personagens do jogo.

The Protomen é um disco irregular, o que o torna tão legal. De uma faixa pra outra não se sabe o que esperar e mesmo assim estão todas conectadas. Um disco nerd, conceitual, alternativo e sobre um jogo. As letras das músicas consultadas são cheias de narrativas que não estão nas músicas. A história continua semana que vem no Act II: The Father of Death.

Links:
http://en.wikipedia.org/wiki/The_Protomen
https://www.facebook.com/protomen
https://twitter.com/Protomen
http://www.protomen.com/
http://fyeahprotomen.tumblr.com/page/58

2 comentários:

  1. Caraaaaleo! Isso é mto foda! Não que eu seja grande fã do Megaman, mas o som em si já é sensacional. Muito original!

    ResponderExcluir
  2. BOM DEMAIS!!!!!
    As faixas mais barulhentas até me lembram The Mars Volta.

    ResponderExcluir